Experiência Imersiva: veja 6 cases de inspiração para o seu negócio 0 478

Misturar ambientes inéditos e o mundo real através de tecnologia e experiências imersivas que estimulam e envolvem o consumidor. Essa pode ser uma ótima estratégia para a sua empresa atrair e chamar a atenção dos clientes.

Com o mercado extremamente competitivo e ampla concorrência pela atenção do público, as marcas tiveram que buscar estratégias para se destacarem no mercado.

Por isso, nos últimos anos se tornou comum a utilização de experiências imersivas no varejo. O sucesso dessa estratégia se dá ao fato da interatividade que os clientes têm com a marca, que não só reforça a imagem da mesma na mente do consumidor, mas também pode trazer diversos outros benefícios.

A partir do uso de tecnologias inovadoras, é possível levar o cliente para lugares inimagináveis, apresentando-o a uma experiência única e contagiante com a sua marca.

Aqui na Alice Wonders, com as nossas Salas Imersivas, as experiências se tornam únicas e inovadoras, em um trabalho em que, além do encantamento do público, buscamos também a fidelização.

Selecionamos para você os principais cases de sucesso de experiência imersiva que tivemos aqui na Alice. Mas antes, que tal entender um pouco mais sobre experiência imersiva e como funcionam as nossas Salas Imersivas?

Experiência imersiva

A experiência imersiva representa qualquer ação de uma marca que vise criar um ambiente inédito e lúdico para a sua audiência, com o intuito de fazer com que o participante da ação se sinta parte do que está sendo apresentado e use os seus sentidos para explorá-la.

É por isso que se diz realidade “imersiva”, pois parece que estamos imersos no ambiente virtual mas não estamos. É uma mistura entre real e virtual.

E uma experiência imersiva pode ser algo mais simples como a utilização de músicas para influenciar a compra

Ou algo mais completo como trabalhar a cenografia no varejo para aumentar o desejo de compra.

Como funcionam as Salas Imersivas da Alice Wonders

A experiência imersiva já é uma estratégia inovadora aos olhos do público, mas aqui na Alice é mais ainda! As nossas Salas Imersivas entregam experiências multissensoriais de forma única, como uma poderosa ferramenta de venda.

Proporcionamos experiências digitais interativas 4D, que envolvem, vendem e transportam o cliente para outra realidade, ao mesmo tempo em que educa sobre o produto.

Oferecemos projeções mapeadas e imersão multissensorial em ambientes que combinam elementos visuais, olfativos e auditivos, estimulando todos os seus sentidos ativados tornando a experiência memorável.

Diferenciais das salas imersivas da Alice Wonders

As experiências imersivas ficam muito mais encantadoras com a estrutura da Alice. Nossas tecnologias e estratégias são totalmente personalizadas e alinhadas com o objetivo do projeto, visando trazer o máximo de resultados possíveis para os nossos clientes.

Promovemos experiências inovadoras, digitais e inesquecíveis para diversos nichos de mercado.

Confira alguns dos benefícios que só as Salas Imersivas da Alice Wonders oferece:

Reforço do Storytelling

Com a Sala Imersiva, reforçamos o storytelling da sua marca para aproximar e engajar ainda mais o cliente. Além disso, ampliamos as possibilidades de negócio – aliando experiências lúdicas, educacionais, de entretenimento e escapismo. 

Atração e conquista de clientes

Essa experiência imersiva vai proporcionar formas de você evidenciar as possibilidades do seu negócio, conquistando clientes e transformando experiência em vendas.

Criação de memórias com sua marca

Com as estratégias que implantamos em nossas Salas Imersivas, buscamos proporcionar momentos e criar memórias incríveis, além de fidelizar clientes e torná-los propagadores da sua marca.

Ele não vai ser apenas mais um comprador, mas sim um fã que prega e exalta a inovação e qualidade da marca.

Dados e Insights de comportamento

Utilizamos tecnologias exclusivas e inovadores da Alice, como a Granometrics.io, uma plataforma multissensorial que mapeia a loja física e gera insights para tomadas de decisão.

Por que utilizar essa estratégia em seu negócio

Vivemos em uma era em que a todo momento as pessoas são bombardeadas de anúncios e aparições de marcas, seja na internet, na rua, na televisão, etc. A todo momento tem alguma marca querendo conectar com o seu público e isso gerou uma grande competição pela atenção dos clientes.

O mercado hoje é extremamente competitivo e provavelmente, neste exato momento, seus concorrentes podem estar tentando atingir seu público com algum tipo de ação. E eles não vão parar!

A experiência imersiva traz diversos benefícios para a sua marca e um deles é exatamente o destaque. As salas imersivas são caminhos estratégicos para quem quer se destacar no mercado. 

No varejo, por exemplo, a realidade imersiva pode transformar significativamente a experiência de compra online. Ela é também um ponto muito importante na construção de um varejo 360, que é o estágio ideal para atender todas as necessidades dos clientes.

Com experiência imersiva, o usuário sai da sua zona de conforto e vai para outra realidade enquanto conectado com sua marca. Essa ruptura com a realidade envolve e chama atenção em um primeiro momento, mas depois traz aos participantes uma outra perspectiva do seu produto e da sua marca. 

E é exatamente essa outra perspectiva que conquista o cliente, transformando-o em fã da sua marca.

Qual o momento certo de usar experiência imersiva na minha empresa?

Antes de tudo, é válido ressaltar que não existe apenas “um momento certo” para se utilizar experiência imersiva em sua empresa. Tudo vai depender do momento da empresa e posicionamento no mercado, mas existem momentos que são mais interessantes de se utilizar. 

Por exemplo, se sua empresa está prestes a fazer um lançamento, as nossas Salas Imersivas podem acrescentar muito. Se você está prestes a fazer um evento corporativo, a experiência imersiva pode ser uma boa ideia também. Ou então se você pensa em utilizar o marketing sensorial no varejo, ela também é uma ótima opção.

Você pode usar a experiência imersiva em diversos lugares, tais como:

  • Eventos corporativos;
  • Feiras;
  • Stand de vendas;
  • Lançamentos;
  • Para montar galerias interativas;
  • Para criar Museus;
  • Pop-up store;
  • etc.

Viu só? Não tem um momento certo, mas há momentos propícios para você usar experiências imersivas na sua empresa.

Cases de inspiração de nossas Salas Imersivas

Sala Imersiva You, inc

Experiência imersiva para lançamentos imobiliários

Essa experiência imersiva foi desenvolvida para o lançamento imobiliário de alto padrão Verso Jardins, em São Paulo. O espaço foi todo projetado para envolver os clientes e trazê-los para dentro do imóvel.

Utilizamos conteúdo e entretenimento, através de uma tecnologia exclusiva para trazer a melhor experiência digital, com:

  • Luzes especiais;
  • Globos com luzes de led pendurados por todo o espaço, trazendo uma iluminação especial e imersiva ao ambiente;
  • Telas em volta de todo o espaço apresentando o imóvel de alto padrão
  • E com o chão do ambiente que foi desenvolvido propositalmente para refletir as luzes das telas que apresentam o edifício e também os globos de luzes que estavam pendurados pelo lugar.

Sala Imersiva MPD (Decorado 4D)

Experiência imersiva no mercado imobiliário em 4D

Ainda no ramo imobiliário, a experiência imersiva proporcionada pelo Decorado Digital 4D trouxe a interatividade como ferramenta de vendas e de geração de dados para tomada de decisão e estratégia do negócio.

Foi montada uma apresentação interativa 4D, com vento, cheiro e som, onde o cliente personalizava cores, estilos e até móveis para um passeio virtual no apartamento que era a sua cara. 

Além de uma experiência imersiva única para o cliente, foi uma poderosa ferramenta de vendas e geração de dados para a incorporadora.

Museu Interativo Gafisa

Experiência imersiva em museu tecnológico e interativo

Um dos projetos mais lindos e assertivos que já desenvolvemos aqui na Alice. O Museu Interativo Gafisa trouxe uma experiência imersiva para um museu completamente tecnológico que desenvolvemos para a Square Ipiranga.

Propusemos devolver para o bairro do Ipiranga em São Paulo o sentimento de ter e poder visitar um museu e fizemos dentro do stand do Square Ipiranga um museu tecnológico e interativo.

Haviam sensores e telas pelo ambiente todo. Os sensores identificavam os livros e as poltronas narravam o conteúdo para os visitantes.

O museu contava a história do bairro, moradores icônicos, a história da cidade, etc. Por fim, tudo isso culminou no lançamento do empreendimento que ocupa um quarteirão inteiro na Avenida Nazaré. 

Resultado? 80% vendido em apenas 5 semanas.

Sala Imersiva Vitacon (Drone Flight)

Experiência imersiva com Drone Flight

Um projeto que trazia Timelapse, Drone Flight, galeria e maquetes interativas, Google Maps capacitivo e expresso web hack. Assim era a experiência imersiva do Vitacon (Drone Flight).

Ao entrar no stand, as pessoas adentravam um túnel com o time-lapse noturno da Faria Lima até o Drone Flight. Nele, tiveram um voo através da vista do apartamento e, ao sair da sala, descobriram a Galeria e a Maquete Interativas. 

No Maps Capacitivo, desvendaram os arredores e terminaram com um café com a Web Hack Espresso. A experiência imersiva serviu como ferramenta de venda e entretenimento.

Simulador Panorâmico Gafisa 

Experiência imersiva com Simulador Panorâmico de vista

O simulador panorâmico que desenvolvemos para a Gafisa trouxe uma experiência real da vista do apartamento, antes mesmo dele ser construído.

Essa sala imersiva teve tanto sucesso que 80% das unidades foram vendidas só no lançamento!

Foi tudo desenvolvido para mostrar a vista incrível do apartamento. Um simulador tão real que fazia pessoas correrem para a varanda. Ao chegar à cobertura, a frente do elevador deslizava para receber os clientes do decorado. 

Essa experiência imersiva foi fruto da parceria com a agência Elkis18. 

Elevador Imersivo DASA (Outubro Rosa)

Experiência imersiva em elevadores e shoppings centers

Essa foi uma experiência imersiva digital desenvolvida em favor do Outubro Rosa, para promover o autocuidado.

Essa sala imersiva promovia autoconhecimento e autocuidado. Ela foi realizada em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e obteve mais de 2.500 participantes.

Conclusão

Temos certeza que, se você está buscando uma ação para a sua marca ou produto, as Salas Imersivas são a opção ideal para você.

Com tecnologia, inovação e encantamento, os resultados das suas vendas podem disparar, como é o caso de alguns de nossos clientes.

Gostou dos nossos cases e quer saber mais?

Entre em contato conosco pelo e-mail chapeleiro@alicewonders.ws e WhatsApp (11) 98818-0492, ou solicite um orçamento direto com nossos consultores clicando aqui.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Metaverso: o que é e como ele impacta o futuro do varejo? 0 260

Novas tecnologias e possibilidades do universo digital surgem em tamanho volume que deixam muitos de nós confusos. Um dos principais entre os últimos tópicos da categoria se chama Metaverso. O que para muitas pessoas é algo difícil de tangibilizar, para outras, especialmente empresas, é uma oportunidade incrível de vender produtos e serviços.

Não há, atualmente, ambiente digital em que não seja possível posicionar uma empresa estrategicamente, nem que seja para gerar consciência de marca e criar relacionamento com o público. Com o metaverso, é possível fazer isso e também vender produtos. Tudo depende de como o negócio consegue explorar as possibilidades oferecidas.

Conhecer mais sobre o metaverso, o que de fato é e quais tecnologias sustentam esse espectro é fundamental. Esses e outros pontos você conhece ao longo deste post. Acompanhe!

O que é o metaverso?

Metaverso é um conceito tecnológico que trata sobre uma realidade paralela que acontece totalmente em ambiente digital. Nesse universo não concreto, mas acessível por meios como a internet e games, é possível se conectar e se fazer presente como pessoa, empresa, marca e até mesmo como personagem.

A ideia de metaverso não é exatamente algo novo. Universos paralelos sempre existiram em games, nos quais sempre foi possível a imersão e a interação enquanto jogador, por meio de um personagem, por exemplo. Essa concepção também esteve presente em filmes de ficção científica por diversas vezes na história do cinema.

A grande diferença é que, atualmente, temos cada vez mais possibilidades de estarmos dentro desses universos paralelos, isso graças à transformação digital. Essa facilidade de conexão, aliada ao desenvolvimento de ambientes de maneira avançada, fez com que oportunidades de mercado pudessem ser detectadas.

Enquanto para alguns o metaverso segue sendo apenas um ambiente de lazer e diversão, para muitas empresas é uma oportunidade de posicionamento e lucro. Talvez esse tenha sido o fator principal para impulsionar essa tendência e torná-la algo ainda mais relevante.

As tecnologias

Como um grande universo digital paralelo, o metaverso só é possibilitado graças às tecnologias que o fazem existir e também às que permitem que nós, usuários, possamos interagir e imergir nesses ambientes.

Entre essas tecnologias pilares para os universos digitais estão:

  • realidade aumentada;
  • realidade mixada;
  • blockchain;
  • reconhecimento facial;
  • inteligência artificial;
  • NFT;
  • smart contracts;
  • criptoativos.

Como o metaverso aparece no cotidiano?

Um dos pontos que mais merecem destaque quando tratamos sobre metaverso é a convergência entre vida real e universo digital. Hoje, muito do que somos em nossas vidas pode ser replicado, com as devidas limitações, em ambientes paralelos e remotos. E é assim que o metaverso tem estado mais presente no cotidiano da sociedade.

Na pesquisa Into the Metaverse, desenvolvida pela Wunderman Thompson, alguns dados chamam atenção e mostram como estamos cada vez mais dependentes da tecnologia como recurso para realizarmos tarefas e atividades. Por exemplo, o estudo apontou que 93% das pessoas entrevistadas afirmam que a tecnologia é essencial ao nosso futuro.

Diante disso, você consegue ver seu cotidiano acontecendo naturalmente sem ajuda da tecnologia? De acordo com a pesquisa, 76% das pessoas enxergam recursos e ferramentas como essenciais para o dia a dia.

Sabendo dessa relação que a sociedade tem com a tecnologia, as empresas já têm introduzido o metaverso na vida das pessoas de maneira natural. Bons exemplos são:

  • ações de marketing feitas para games (por exemplo, grandes marcas de material esportivo têm presença forte em jogos de futebol, como o Fifa, mais famoso entre eles);
  • NFTs (muitas marcas já têm comercializado artigos colecionáveis em formato de NFT);
  • criptomoedas já são aceitas por uma série de e-commerces;
  • empresas têm criado salas de reuniões e espaços virtuais para que funcionários possam criar seus avatares e interagirem nesses ambientes, aproximando pessoas mesmo em modelos de trabalho remotos;
  • o uso de óculos de realidade virtual para proporcionar experiências multissensoriais na hora de apresentar projetos de imóveis, test-drive de carros, entre outras possibilidades.

Marcas não têm investido nessa maior ocupação do digital, incluindo o metaverso, à toa. A pesquisa da Wunderman Thompson apontou também que 81% das pessoas ouvidas acreditam que a presença nesses ambientes é tão importante quanto em espaços físicos, como lojas.

Quais são os possíveis produtos desse universo?

O metaverso como possibilidade estratégica para marcas ainda é algo em expansão. As marcas ainda vão testar possibilidades, lançar produtos que vão dar certo e também vão errar em algumas oportunidades. Portanto, ainda há muito a ser explorado ao longo dos próximos anos.

Hoje, já há alguns produtos e oportunidades de negócio que ganharam mais atenção e trouxeram respostas rápidas para as empresas. Falamos mais sobre os principais na sequência.

Propriedade de itens digitais (digital ownership)

Ser proprietário de algo único, colecionável e transferível apenas em relações comerciais é algo que tem dado muito certo quando falamos de metaverso. Essa ideia de valor deu origem a produtos como criptomoedas, NFTs e acessórios e skins (muitas vezes de grifes famosas) para serem usados em games e em ambientes de metaverso.

Lazer e bem-estar (connected wellbeing)

A medicina também já utiliza o metaverso como ferramenta de tratamentos terapêuticos. Com ajuda de jogos orientados para essa finalidade, a categoria connected wellbeing propõe atividades para pessoas que tratam stress, problemas com o sono e questões gerais de saúde mental.

Relações e interações digitais (digital relationship)

As relações digitais vêm já há bastante tempo por meio das redes sociais e, principalmente, pelos games. São recursos que trazem interação e aproximação entre pessoas.

Meta Business

Esta é uma categoria mais abrangente que trata de atividades de marcas que trabalham para capitalizar ações dentro do metaverso. A ideia é criar itens e experiências que gerem brand awareness e consumo concreto. Isso acontece por meio de possibilidades como:

  • anúncios em jogos;
  • experiências de realidade aumentada no varejo;
  • venda de produtos digitais.

O metaverso está muito mais presente em nossa realidade do que podemos imaginar. A tendência é que, gradativamente, suas possibilidades e recursos sejam ainda mais acessíveis e pertinentes ao dia a dia de grande parte dos usuários do digital. Por enquanto, conhecer mais sobre as possíveis ações, sobretudo para as marcas, é essencial para sair na frente dos concorrentes.

Curtiu saber mais sobre o assunto? Aproveite e saiba como você pode inovar na hora de fazer ações digitais de ativação de marca!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

Salas Imersivas: venda mais com experiências sensoriais 0 384

Propor experiências em PDV tem se tornado um desafio para as lojas. Competir com o digital é uma realidade dura, mas é inegável que a presença física proporciona explorar oportunidades únicas. Uma delas são as salas imersivas, que baseiam interações com o público por meio da imersão sensorial.

Você já deve ter visto algumas dessas experiências em exposições, ativações de marcas e ações de marketing feitas em shoppings e em grandes lojas. A ideia é simples: envolver o consumidor em uma relação mais aprofundada do que somente olhar uma vitrine ou assistir a um comercial. O resultado dessa interação vai afetar diretamente o engajamento e o desejo de consumo.

Vamos tratar ao longo deste conteúdo o poder das salas imersivas, o que faz com que elas sejam especiais e como podem ser utilizadas em diversos segmentos de negócio.

O que são salas imersivas?

As salas imersivas são espaços em que os visitantes podem interagir e participar de alguma ação de marketing nas quais estão profundamente envolvidos com a proposta da campanha. Nessas salas, são explorados todos os sentidos: audição, tato, olfato, paladar e visão, juntos ou com apenas alguns desses em combinação.

Nessas salas, a imersão acontece quando o consumidor é exposto a diversos estímulos e oportunidades de interação sem nenhuma interrupção por um fator externo. Justamente para possibilitar isso, as experiências são conduzidas em salas especiais, em que há o foco em se concentrar nas sensações propostas pelas campanhas.

É importante destacar que a base das salas imersivas é um conceito amplamente conhecido e utilizado: o marketing sensorial. Essa prática consiste em gerar engajamento, identificação e uma percepção positiva em relação a marcas por meio de vídeos, cheiros, músicas, gostos e experiências de toque.

Quais tipos de experiências as salas imersivas podem proporcionar?

As salas imersivas podem ter vários tipos de experiências do tipo. Algumas focam apenas em linhas sensoriais específicas, enquanto outras mesclam as possibilidades para gerar momentos ainda mais impactantes a quem participa dessas ações. Entenda algumas dessas possibilidades de imersão sensorial a seguir.

Projeções Mapeadas

As projeções mapeadas dentro de salas podem gerar a sensação de que o consumidor está em alguma paisagem ou ao lado de pessoas que, na verdade, estão sendo projetadas. Da mesma forma, é possível projetar elementos menores, como produtos.

A ideia com as projeções é fazer uma reprodução fiel, geralmente nas paredes e no teto da sala em questão, gerando assim a sensação de imersão na pessoa que está lá dentro. É uma ótima possibilidade para transportar pessoas para cenários, por exemplo.

Playlists

As playlists ajudam a tornar essa experiência da sala imersiva ainda mais sensorial. Afinal, a música é um dos elementos mais ricos dentro da projeção de uma ideia de marca. Não à toa as empresas têm seus jingles e escolhem trilhas sonoras para suas ações.

Uma boa playlist pode ajudar a gerar essa sensação de imersão ainda maior, gerando ainda uma associação posterior à marca, quando o consumidor escutar novamente determinada música.

Telões 360º

Os telões em 360º ocupam as paredes dessas salas com a missão de reproduzir vídeos e animações que tornem a experiência mais ilustrada e viva. Por ser uma tela contínua, a experiência com esse mecanismo obriga as pessoas a girarem para consumir todo o conteúdo.

Esse estímulo à movimentação, ainda que seja natural por conta da disposição dos telões, é uma forma de fazer o consumidor participar e interagir com a sala. É uma oportunidade de projetar sua marca de maneira enriquecedora e interessante.

Painéis interativos

Os painéis interativos podem ser combinados com telões e outros tipos de mecanismos sensoriais dentro das salas imersivas. O foco desse recurso é dar ao consumidor a autonomia de executar a experiência da maneira que bem entender.

Com esses painéis, as pessoas podem projetar imagens, buscar informações e selecionar detalhes relacionados à experiência em que estão imersas. Isso gera um engajamento maior e, no fim das contas, torna a oportunidade ainda mais interessante para quem está dentro da sala imersiva.

Realidade aumentada e virtual

A realidade virtual é um recurso muito visto em games, mas que já está sendo utilizado em experiências sensoriais diversas. Nas salas, muitas vezes, as pessoas são conduzidas apenas para aproveitarem um espaço vazio em que possam se movimentar para explorar o universo e possibilidades que é transmitido no visor de VR.

Já a realidade aumentada é uma tecnologia que permite projetar reproduções 3D, com o uso de periféricos como smartphone (e sua câmera) para simular objetos virtuais em ambientes físicos, por exemplo. Este é um recurso que já vem sendo usado há anos em diversas indústrias e também pode ser aplicado em salas imersivas.

Quais mercados podem fazer uso das salas imersivas?

As salas podem ser pensadas para os mais variados mercados, desde que a experiência sensorial em si seja realmente relevante. É fundamental que as interações e o que é mostrado a quem participa dessas atividades tenha relação direta com o produto e a marca, gerando a real sensação de participação e exploração.

Alguns mercados se destacam nas possibilidade de uso das salas imersivas, mais especificamente estes:

  • imobiliário: salas que projetam um apartamento mobiliado que possa ser explorado por cada cômodo;
  • automotivo: salas que simulam a experiência de dirigir um carro;
  • gastronômico: uma ótima ideia de sala imersiva é um local em que o consumidor entra, pode assistir uma receita ser preparada e ainda seja estimulado por uma experiência olfativa em que sinta o cheiro da comida em questão;
  • museus: as salas podem permitir que o visitante seja imerso em uma determinada época ou em algum cenário histórico explorado em uma exposição;
  • moda e beleza: com totens interativos ou uso de realidade aumentada, por exemplo, os clientes podem provar peças digitalmente e ainda saber mais sobre as especificidades de cada produto.  

As salas imersivas propõem um mundo de possibilidades para projetar experiências incríveis nos mais variados setores de mercado. Ao aliar a ideia de interação e ativação de marca com a tecnologia correta, os resultados de engajamento e vendas naturalmente terão uma subida satisfatória.

Curtiu saber mais sobre este assunto? Então siga-nos nas redes sociais e acompanhe novidades e tendências em Tecnologia, Inovação & Varejo (@_alicewonders).

 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

Most Popular Topics

Editor Picks

Send this to a friend