Flagship KitKat Chocolatory 0 261

Flagship KitKat Chocolatory

A primeira KitKat Chocolatory flagship na América Latina

Convidados pela Nestlé, realizamos um case de sucesso através do projeto da loja KitKat Chocolatory. Localizada no Shopping Morumbi, em São Paulo, a loja é uma tendência de mercado (Direct to Consumer), colocando o Brasil à frente em tecnologia e inovação no varejo e PDV, que além de experiências únicas também oferece produtos exclusivos que só são vendidos lá. 

Foram, aproximadamente, oito meses de processo entre planejamento, desenvolvimento de tecnologias até a sua inauguração. Trabalhamos em parceria com o líder de projeto FITCH, uma consultoria global de design, para ativar vários pontos de contato digitais em toda a experiência principal.

Cocoa Plan

Nosso projeto inicial foi a criação da parede capacitiva, com o objetivo de levar informação sobre o projeto Cocoa Plan, através de experiência digital interativa. A parede capacitiva permite que as pessoas conheçam o programa através de conteúdos interativos.

Parede capacitiva dentro da flagship KitKat Chocolatory
Parede capacitiva sobre o Cocoa Plan, dentro da flagship KitKat Chocolatory.

Content Wall

A nossa content wall mostra, por uma tela de 32:9 em 4K, todo o conteúdo das contas oficiais da KitKat no Instagram. Como as redes sociais fazem parte da vida real das pessoas e das marcas, usamos esta estratégia para o PDV, incluindo como um projeto de interação e conteúdo para o público.

Content Wall da flagship KitKat Chocolatory,
Content Wall da flagship KitKat Chocolatory, desenvolvido por Alice Wonders.

“O layout foi desenvolvido de acordo com a identidade visual da loja e a implementação de um aplicativo que mostra em tempo real o conteúdo que está nos perfis oficiais do Instagram. Atualizou o feed, atualizou a Content Wall automaticamente”, explica a nossa Arquiteta e Gerente de Projetos, Emilly Cirilo. 

Cardápio digital

O cardápio digital de cafés é mais um projeto de nossa autoria, feito exclusivamente para a loja. Uma das vantagens desse produto é a criação de vídeos para o cliente visualizar melhor as opções do menu. Além de ser sustentável, gera automaticamente o pedido feito pelo cliente e envia para o balcão. 

Cardápio Digital da cafeteria da flagship KitKat Chocolatory
Cardápio Digital da cafeteria da flagship KitKat Chocolatory, desenvolvido por Alice Wonders.

Touch points

A consultoria global de design FITCH liderou o principal conceito estético e digital e, juntos, trabalhamos em equipe para implementar vários pontos de contato em toda a loja. Em outras palavras, a FITCH criou os projetos de touchpoints e liderou o desenvolvimento de software, e Alice Wonders integrou a infraestrutura de rede e os cabos.

“Foi preciso montar uma infraestrutura de rede em nosso escritório para recriar o ambiente final da loja com máquinas, sensores e experiências, antes de implantar direto na loja. O que permitiu detectarmos falhas durante o processo e fazer ajustes prévios, sem correr riscos”, explica Eric Winck, Co-founder e co-CEO de Alice Wonders.

Touch points da flagship KitKat Chocolatory
“Estação Encontre Seu Sabor”, desenvolvida pela FITCH

Segundo Eric, é fundamental manter vivas as experiências digitais no PDV através de revisões semanais do hardware e software, bem como ajustar e melhorar os conteúdos. Como por exemplo, o conteúdo vivo do Content Wall. “Estas revisões mantém a ‘saúde’ digital e podem antecipar erros e problemas sem downtime das experiências na loja”. 

“A KitKat Chocolatory foi projetada para a experiência do consumidor. E não é apenas experiência de compra, e sim a experiência de envolver o cliente para que ele tenha vontade de voltar depois. Para marcar na memória e deixar aquela lembrança agradável”, conclui Alexandre Valdivia, Co-founder e co-CEO de Alice Wonders. 

Gostou? Clique aqui e confira nossos outros cases.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtividade em tempos de home office forçado 0 333

Photo by Thought Catalog on Unsplash

Confira as dicas de profissionais especializados para ajudar na sua produtividade durante o home office forçado, afinal, a sua carreira não pode parar.

Nas últimas semanas milhares de profissionais tiveram que adotar o regime de home office, devido a quarentena. No entanto, se trata de um home office forçado, o qual exige várias adaptações para a nova rotina de trabalho, e também, saber lidar com o home life. Muitos acabam fazendo uma tripla jornada: atividades profissionais, família e tarefas domésticas ao mesmo tempo. E no fim das contas, cada um está tentando encontrar a sua maneira de conciliar tudo isso e manter-se produtivo

Em um primeiro momento, nos deparamos com uma infinidade de artigos com dicas variadas para fazer home office, como este do site Fast Company. Seguindo a tendência, diversas universidades do mundo todo, plataformas de educação e ensino passaram a disponibilizar centenas de cursos online gratuitos para estudantes e profissionais aperfeiçoarem suas habilidades no período de reclusão. Aproveite e confira essa lista do site ShowMeTech que reuniu 1156 cursos gratuitos em português com certificado.

 Por outro lado, várias pessoas perderam os seus empregos e estão buscando se recolocar no mercado de trabalho, o qual está em uma crise sem precedentes. Outros profissionais enfrentam os cancelamentos de projetos, adiamentos de eventos e procuram alternativas para que as consequências não sejam tão drásticas. 

Segundo um levantamento feito pela Cielo, no período de 01 de março a 06 de abril, o varejo total no Brasil apresentou queda de 24,7%. A categoria de Bens Duráveis é uma das mais afetadas, com queda de 50,1% no setor de vestuário. Na categoria de Serviços, o setor de Turismo e Transporte aparece com queda de 63,4%, e Restaurantes e Bares, com menos 43,4% no período. 

Fonte: Gráfico Cielo | Índice Cielo de Varejo Ampliado
No setor de Bens Não Duráveis continua atenuando o impacto no período de 01/03 a 04/04 e Bens Duráveis apresentou queda levemente menor na última semana. Fonte: Cielo | Índice Cielo de Varejo Ampliado

Planejamento

O momento agora exige planejamento, ou melhor, replanejamento de 2020, para estar preparado quando a quarentena acabar. Quanto mais estratégico estiver o seu serviço, menos drástico será depois. É o que aconselha Josie Moraes, estrategista digital, ganhadora do prêmio ABRADI – profissional digital na categoria planejamento (2019). Ela fala que agora o importante é ouvir o seu cliente e o que o mercado tem a dizer para conseguir propor ideias e soluções. 

“O que ofereço de melhor no mundo e como posso ajudar?”, é o tipo de pensamento que devemos adotar, como sugere Josie. É tempo de observar o cenário e aprender, além de tomar o grande cuidado para não cair no oportunismo. O atual momento não é para desistir, pois parar com tudo nos torna improdutivos. A melhor saída é se reinventar, olhar para o futuro próximo e se enxergar enquanto profissional atuando para a melhoria do Mercado. Continuar entregando projetos cada vez mais inovadores, propostas com planejamento estratégico, apostar (ainda mais) na tecnologia como principal recurso, são formas de mostrar diferencial, alcançar metas e se destacar. 

Produtividade

De repente, tudo mudou. A sensação é que estamos dentro de uma bola de neve que cresce a cada dia e não sabemos quando irá parar. Sim, está todo mundo passando por muitas mudanças e adaptações, sem saber exatamente o que está fazendo. Mas, o primeiro passo, é manter a calma. O novo causa medo e traz uma ideia de estar perdido, como comenta Douglas Suzano Barbosa, que atua na área de Recursos Humanos. 

Estamos vivendo uma reinvenção das formas de trabalho: tudo está mais dinâmico, a maneira de comunicação dentro da empresa e a forma de lidar com os funcionários estão mudando. Para Douglas, essa mudança não se restringe agora durante a pandemia, essa transformação seguirá conosco para o futuro. E aconselha aos profissionais: tenham calma, deem tempo ao tempo e enquanto isso, mantenham-se otimistas. 

Compartilhando do mesmo pensamento, Cláudia Carnovali, profissional da área de Recursos Humanos com foco em Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento Organizacional, acredita que com a quarentena estamos aprendendo um novo jeito de viver. Estão surgindo novas tecnologias e recursos trazendo novas mudanças para as empresas, que vão passar a perceber que as pessoas são capazes de trabalhar em casa. “O mundo corporativo vai mudar muito ainda, e essa mudança vai trazer mais inovação e criatividade, pois ao mesmo tempo está sendo vista a questão da produtividade. Tem pessoas que estão gostando mais de trabalhar em casa do que na empresa”, diz Cláudia. E complementa, “em toda mudança, a gente precisa ver um lado positivo, e com certeza, a nova forma de trabalhar vai ser inovadora e desafiadora”.  

Na área da tecnologia, Cláudia tem observado o aumento das vagas e contratações por causa do aumento da demanda de projetos. Neste momento, todo o processo de seleção e contratação é feito online. Como efeito, há um critério maior para ser avaliado, tais como: organização no home office, disciplina, entrega, postura, autonomia e controle

Para quem busca dicas de organização no home office, a melhor forma, segundo Douglas, é buscar meios de se sentir útil e produtivo para si mesmo. Comece organizando a sua rotina, acorde no horário certo, mantenha hábitos saudáveis e faça a sua “to do list” do dia. Se você não se organizar, vai se dispersar e se sentir improdutivo, inútil, com a sensação de que não fez nada o dia todo, explica. “Reveja trabalhos antigos, como uma planilha que precise ser atualizada e refaça melhorando pontos importantes”, diz Douglas. 

Por outro lado, as empresas também estão fazendo a sua parte, como implementar programas de aproximação do funcionário. O fortalecimento do endomarketing é fundamental e tem ajudado, como no envio de dicas de home office, de saúde mental, etc. Cláudia diz que o RH de algumas organizações estão ligando para os funcionários dentro de um processo de escuta e aconselhamento. Por exemplo, ajudar a manter uma rotina; não ficar de pijama o dia inteiro; observar as alterações de humor; se está ou não com vontade de trabalhar naquele dia. É uma forma de integração e união que as organizações estão procurando ter com o trabalho a distância. “O lado humano precisa ser tão relevante quanto o lado da cobrança de resultados e produtividade”, afirma. 

Outra dica que Douglas compartilha para se sentir útil, é perguntando à colegas de trabalho se precisam de ajuda e colocando-se à disposição. Talvez alguém esteja sobrecarregado, precisando de socorro. E ressalta, “continue buscando conhecimento e esteja atualizado dentro da sua área. Isso também ajuda na produtividade e com certeza você irá colher bons frutos lá na frente”. 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

5 motivos para investir em uma Vending Machine 0 248

Vending Machines Interativas, por Alice Wonders

Tendência no mundo todo, a vending machine é uma grande facilitadora na hora de realizar compras. A praticidade serve tanto para o consumidor quanto para o comerciante. É um potencial investimento, ainda mais agora com as mudanças de hábitos e formas de consumo, num cenário onde a tecnologia se mostra ainda mais essencial no varejo. 

O Japão conta com mais de 5 milhões de vending machines, na Europa são 3 milhões e nos EUA, 3,5 milhões. Enquanto no Brasil, esse segmento aparece com aproximadamente 100 mil máquinas, que movimentam R$ 700 milhões, segundo a Associação Brasileira de Vendas Automáticas (ABVA). Se você já tem interesse de investir em uma vending machine, a hora é agora! 

Veja as vantagens desse negócio em potencial:

Variedade de produtos

Existem várias categorias de vending machine, desde diversos tipos de alimentos, bebidas, livros até eletrônicos. As máquinas de café, por exemplo, podem servir diversas opções de sabores. Recentemente, desenvolvemos uma tecnologia para máquinas automatizadas de café que servem bebidas geladas. As nossas máquinas possuem um painel interativo para o usuário avaliar as bebidas, deixando a sua nota (de 1 a 5 estrelas) para análise de dados. 

Máquina Hackeada/ Vending Machine
Máquinas Hackeadas de bebidas geladas para a Nestlé, por Alice Wonders.

Oportunidade de negócio

As vending machines são instaladas em locais estratégicos com alta circulação de pessoas, estão presentes em estações de metrô, centros empresariais, como escritórios, hospitais, clínicas, além de serem ótimas para eventos. Outra vantagem, é que não necessitam de nenhuma ação de marketing para divulgação em massa. Pode ser uma oportunidade de vendas extras, complementando serviços e produtos dentro do seu comércio. 

Ótimo custo-benefício

Pense que você não terá despesas com aluguel caro de ponto comercial e contratação de funcionários. O funcionamento da vending machine é 24h por dia e totalmente automático.

Visando economia e tranquilidade para você e para o consumidor, que terá mais variedade de produtos e uma experiência de compra rápida e fácil. 

Manutenção

Há duas opções de aquisição de uma vending machine: você pode comprar ou alugar a máquina. A vantagem do aluguel é que você terá todos os serviços de manutenção disponíveis sempre que precisar e sem dor de cabeça. Todo o suporte técnico é de responsabilidade da empresa contratada, que oferece uma equipe especializada e você pode contar, também, com aparelhos novos de tempos em tempos. A sua única preocupação será no abastecimento da máquina e precificação dos produtos.

Encontre o seu mercado

Se você ainda não sabe onde e quais produtos investir em uma vending machine, comece fazendo uma pesquisa de mercado para saber qual segmento é mais rentável. As máquinas de bebidas enlatadas e alimentos, como pacotes de salgadinhos, biscoitos e chocolates, são as mais famosas. 

Tecnologia e design

Para grandes empresas a opção de vending machine também é uma ótima alternativa para entregar tecnologia e inovação no varejo. Foi o caso da AMBEV, que apostou na nossa expertise para dar corpo e vida ao projeto AMA. Desenvolvemos a Vending Machine Interativa não apenas para destacar a marca, mas para criar uma relação emocional no ato da compra. A máquina é um convite à reflexão sobre o tema do negócio social, demonstrando seu impacto positivo na prática a cada venda enquanto entretém o consumidor.

AMA AMBEV, Vending Machine Interativa, por Alice Wonders
Vending Machine Interativa para a AMBEV, por Alice Wonders.

Vending machine é uma ótima solução tecnológica de varejo, com ótimo custo-benefício, baixo investimento e com estimativa de crescimento no mercado. Entre em contato conosco para fazer um orçamento, podemos ajudar sua empresa a realizar projetos incríveis! 

 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba no seu email todas as novidades do nosso blog sobre tecnologia e varejo, além de ficar por dentro do novos projetos Alice Wonders.

Thank you for subscribing.

Something went wrong.

Most Popular Topics

Editor Picks

Send this to a friend